Magno Malta comemora condenação de padres pedófilos



Magno Malta comemora condenação de padres pedófilos
Os três padres acusados de pedofilia foram condenados, a pena varia entre 16 a 21 anos de prisão. Magno Malta comemorou a condenação dos padres acusados de abusar de coroinhas.A pena foi determinada pelo juiz João Luiz de Azevedo Lessa, de Alagoas e somam mais de 50 anos. O julgamento foi na 1ª Vara da Infância e da Juventude de Arapiraca (AL) e durou cerca de cinco meses e 11 dias.Os ex-coroinhas Anderson Farias, de 22 anos, Cícero Flávio 23, e Fabiano Ferreira, 22, comemoraram a condenação e desejam agradecer pessoalmente Magno. Magno por sua vez reputa a condenação como presente Natalino.
O caso ficou conhecido internacionalmente quando cenas em que um dos padres abusava de um coroinha foram divulgadas a imprensa. Cícero Flávio foi quem teria filmado os abusos.
“Tomei coragem de filmar tudo que estava acontecendo, pois só assim a sociedade iria acreditar na denúncia dos abusos feitos a nós por aqueles homens”, desabafou.
Luiz Marques Barbosa, de 84 anos foi condenado a 21 anos de prisão, enquanto os padres Edílson Duarte, 43, e Raimundo Gomes, 50, foram condenados a 16 anos e quatro meses de reclusão. Eles também foram multados em R$ 1.816 cada um.
Por serem réus primários, de bons antecedentes, não tiveram a prisão imediata
Apesar da sentença, eles não serão presos. “A defesa e o MP têm cinco dias para recorrer da decisão. Como eles são réus primários, de bons antecedentes, têm residência fixa e compareceram às fases processuais, não terão a prisão imediata”, disse o advogado Edison Maia que representa os padres Raimundo Gomes e Luiz Marques, ao afirmar que irá recorrer da decisão judicial.matéria extraida do site,www.overbo.com.br
COMPARTILHAR:

+1

Nildo Nascimento / Pr. Gilmar Santos

Nildo Nascimento

Remidos o filme