“Deus não quer que eu machuque as pessoas ”Manny Pacquiao, boxeador cristão considerado o melhor do mundo decide abandonar o esporte

Manny Pacquiao, boxeador cristão considerado o melhor do mundo decide abandonar o esporte: “Deus não quer que eu machuque as pessoas”
Considerado o melhor boxeador do mundo, o filipino Emmanuel Pacquiao afirmou que pretende se aposentar. O atleta, que é cristão, pediu a seu treinador que divulgasse a informação durante uma entrevista ao canal esportivo ESPN.Segundo o treinador Freddie Roach, Manny, como é conhecido, tomou a decisão por sentir que “Deus não quer que ele machuque outras pessoas”. O treinador afirmou ainda que Pacquiao sempre foi um atleta que acatava conselhos, porém foi radical e determinado em sua decisão de abandonar o esporte.Recentemente, passando por problemas pessoais, o boxeador chegou a desmaiar durante um treino, mas mesmo assim, venceu suas últimas quinze lutas. Ele é detentor de seis títulos mundiais e de um recorde impressionante, obtido ao se tornar o primeiro a conquistar quatro títulos mundiais em categorias de peso diferentes.
Ele se diz admirador do jogador de basquete cristão Jeremy Lin. O chinês tem se destacado com atuações consideradas espetaculares por especialistas e chamou a atenção até do presidente norte-americano Barack Obama, que é fã assumido do esporte. Segundo o Noticia Cristiana, Pacquiao deverá encontrar Lin em breve, durante um evento promovido pela fornecedora de materiais esportivos Nike.
Fonte: Gospel+
COMPARTILHAR:

+1

VÍDEOS....

Nildo Nascimento / Pr. Gilmar Santos

Nildo Nascimento

Remidos o filme