Pronunciamento do pr marco feliciano sobre o CARNAVAL Pronunciamento: CARNAVAL


"São exorbitantes as despesas diretas bancadas pelo poder público, para a elaboração dos grandes adereços que custam fortunas e são usadas apenas e tão somente por cerca de 80 minutos"
1/3/2012 10:33:00 

Pronunciamento: CARNAVAL 

       Senhores, mais uma vez faço uso desta tribuna para convidar os colegas deste parlamento juntamente com todo o Povo Brasileiro a refletir sobre os gastos efetuados pelos governos estaduais e municipais de nosso Brasil com a realização dos festejos carnavalescos.  Pesquisando cheguei à cifra de vários milhões de reais. Alega-se que toda essa despesa é recuperada com o dinheiro que advém do turismo, e sendo real tal afirmativa, porque não se transfere a administração do carnaval para a iniciativa privada, aonde os direitos televisivos e de vendas de ingressos certamente cobririam os gastos deixando o poder público somente com a função fiscalizadora e mediadora.

          São exorbitantes as despesas diretas bancadas pelo poder público, para a elaboração dos grandes adereços que custam fortunas e são usadas apenas e tão somente por cerca de 80 minutos. Após pesquisa, cheguei ao valor aproximado de 2 bilhões de reais, valor esse que cobriria os gastos para a construção de 2.500 UBSs ou 2.000 escolas de médio porte ou 30.000 casas populares que, se entregues seriam usadas de forma perene por toda a sociedade, ao contrário dos festejos de carnaval, do qual só usufruem uma minoria.

    Pretendo apresentar um Projeto de Lei, no sentido de que todo o investimento para a execução das festas momescas sejam de responsabilidade e custeadas apenas pela iniciativa privada, tendo o Estado disponibilidade para investir realmente no que concerne ao interesse da maioria.

    Não podemos deixar de observar que em alguns grandes centros, apesar dos enormes investimentos do Estado para a execução do carnaval, quem leva os louros perante o povo são os bicheiros e contraventores de um modo geral glamorizados pela imprensa como verdadeiro mescenas, ou seja, ainda fazem “cortesia”, mas quem paga é o Povo.    

Muito Obrigado!
Pastor Marco Feliciano
Deputado Federal
COMPARTILHAR:

+1

VÍDEOS....

Nildo Nascimento / Pr. Gilmar Santos

Nildo Nascimento

Remidos o filme