20 milhões de reais foi o Preço que foi vendido o Manuscrito antigo do Evangelho de João


O livro mais antigo da Europa foi vendido recentemente por 20 milhões de reais, trata-se de um manuscrito  do Evangelho de João, uma cópia escrita em Latim e que foi encontrada junto com o corpo de São Cuthbert, em Lindsfarne, aproximadamente no ano de 698 da era cristã.

Segundo registros históricos, o documento, datado do século VII, foi levado juntamente com o caixão de São Cuthbert por monges que fugiram de Lindisfarne, quando de sua invasão pelos Vikings. Somente após sete anos o santo e o livro foi novamente enterrado no lugar onde viria ser a catedral de
Durham. A cópia do evangelho foi encontrada em 1101, quando o caixão foi reaberto.

Com o rompimento entre o rei Henrique VIII e o papa no século XVI o manuscrito passou pelas mãos de diversos colecionadores e só em 1979 que ele foi emprestado à British Library pela Província Britânica da Companhia de Jesus. Porém, o livro foi colocado à venda em 2011, e a British Library, que tinha preferência sobre a compra, pagou 20,5 milhões de reais para ser proprietária definitiva da raríssima obra.


De acordo com os proprietários, “a belíssima capa original, em couro vermelho trabalhado, está em excelente estado de conservação”, ainda afirmaram que a peça é “o único manuscrito de elevado estatuto datado desse período fundamental da história britânica a ter resistido ao tempo em sua aparência original, tanto exterior como interior”.

Fonte e matéria: Gospel+
COMPARTILHAR:

+1

Nildo Nascimento / Pr. Gilmar Santos

Nildo Nascimento

Remidos o filme