Bispo Edir Macedo se diz perseguido


O líder da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo, publicou em seu blog um artigo falando sobre a diferença entre chamados e escolhidos.

Macedo frisa que “a maioria dos cristãos foi chamada, mas, infelizmente, não foi escolhida”, e cita como referência bíblica a passagem bíblica em que Jesus responde a afirmação de Pedro sobre ele ser o Messias: “’Bem-aventurado és, Simão Barjonas,
porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas Meu Pai, que está nos céus’ -Mateus -16.17”.

Para Edir Macedo, a Bíblia “não deixa dúvida sobre a diferença entre o informado pela carne e sangue e o revelado pelo Espírito de Deus”, e que por isso, “os não escolhidos não possuem a imagem de Deus porque não foram gerados pelo Espírito Santo”, e emenda, afirmando que “por conta disso eles têm encontrado enorme dificuldade em manter a chama da fé acesa”.

Bispo Macedo afirma que as perseguições precedem a prosperidade terrena: “Quanto mais lutas enfrentarem, mais vigor e mais qualidade terá sua fé. Para eles, quanto mais intensa a perseguição, mais infames as injustiças, enfim, quanto maior a tribulação maior será sua vitória aqui na Terra”.

Envolvido em uma guerra pessoal contra o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, Macedo se diz exemplo de perseguido e faz um trocadilho: “Como testemunho pessoal: quanto maior a vergonha e humilhação porque passamos pela causa de nosso Senhor, maior é nossa glória da parte dEle. Lucas 6.22-23. Mas todo o cuidado é pouco com os Irmaus!”, ironiza o bispo.

Confira a íntegra do artigo “Chamados, mas não escolhidos”, do bispo Edir Macedo:

A maioria dos considerados cristãos foi chamada, mas, infelizmente, não escolhida.

Recebeu informações bíblicas, mas não teve a revelação do Altíssimo.

A exemplo disso há o caso de Pedro. Ao declarar ser Jesus o Messias, o Senhor lhe disse:

“Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas Meu Pai, que está nos céus.” Mateus 16.17

O Senhor não deixa dúvida sobre a diferença entre o informado pela carne e sangue e o revelado pelo Espírito de Deus.

Vale lembrar que em outra ocasião o Senhor disse:

“O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito.” João 3.6

É outra forma de falar sobre a diferença entre os formados pela carne e os formados pelo Espírito de Deus.

A carne trata da natureza humana e seus recursos disponíveis. Já o Espírito trata da natureza Divina.

Os não escolhidos não possuem a imagem de Deus porque não foram gerados pelo Espírito Santo.

Por conta disso eles têm encontrado enorme dificuldade em manter a chama da fé acesa.

Têm a teoria dos oráculos de Deus, mas não conseguem materializá-los porque não têm a natureza espiritual.

Já os escolhidos possuem a natureza espiritual. Por isso, quanto mais lutas enfrentarem, mais vigor e mais qualidade terá sua fé.

Para eles, quanto mais intensa a perseguição, mais infames as injustiças, enfim, quanto maior a tribulação maior será sua vitória aqui na Terra.

Como testemunho pessoal: quanto maior a vergonha e humilhação porque passamos pela causa de nosso Senhor, maior é nossa glória da parte dEle. Lucas 6.22-23

Mas todo o cuidado é pouco com os IRMAUS!…

Fonte: Gospel+
COMPARTILHAR:

+1

Nildo Nascimento / Pr. Gilmar Santos

Nildo Nascimento

Remidos o filme