Livros do Pastor silas Malafaia são retirados da Revista Avon





O site Paulo lopes publicou uma matéria dizendo que a revista avon retirou do seu ultimo catalogo todos os livros do pastor silas malafaia, confira a matéria na integra:


Avon deixa de vender livros da editora de Silas Malafaia


Um dos livros da Central Gospel comercializados pela Avon era o “A estratégia: o plano dos homossexuais para transformar a sociedade”, do pastor Louis Sheldon. Malafaia nega que edita livro com conteúdo preconceituoso.



O catálogo continua oferecendo livros de temática religiosa (ou espiritual), como “Jesus. O maior psicólogo que já existiu”, de Mark W. Baker e editado pela Sextante, “Encontro Deus na Cabana”, de Randal Rauser, da Planeta, e "Encontro Diário com Deus" (orações e mensagens organizadas pela Editora Vozes). Há também livros espíritas de Zibia Gasparetto.


No auge da polêmica, em abril, a Avon emitiu nota com a afirmação de que respeita a diversidade sexual e que vende livros em mais de 100 países sempre observando a “pluralidade de preferências, ideias e estilos de vida”.


Mas ainda assim a empresa se comprometeu na época em analisar as reclamações de quem se opunha à venda dos livros da editora do pastor.


Houve quem sugerisse um boicote aos produtos da Avon, possibilidade que foi minimizada pelo Malafaia. “Nós, evangélicos, representamos pelo menos 30% das vendas de produtos Avon, e os gays, talvez 2%”, disse. 


A retirada do catálogo dos livros da editora de Malafaia representa perda financeira para ambos os lados. 


A Central Gospel, a segunda maior do mercado evangélico, vende cerca de 1 milhão de exemplares de livros por ano, e quase metade desse total era comercializada por intermédio das representantes da Avon. 


Para a empresa de cosméticos, contudo, haverá o ganho de desatrelar a sua marca da imagem do pastor evangélico mais polêmico da atualidade.
por paulo lopes, www.paulolopes.com.br
Com informação do site A Capa e do folheto da Avon.





COMPARTILHAR:

+1

VÍDEOS....

Nildo Nascimento / Pr. Gilmar Santos

Nildo Nascimento

Remidos o filme